• 15 de July de 2024

Bahia deve receber 6,2 milhões de turistas na alta temporada

 Bahia deve receber 6,2 milhões de turistas na alta temporada

Foto: Matheus Simoni/TV Bahia

Após dois anos do início da pandemia da Covid-19, a expectativa é de que o estado receba cerca de 6,2 milhões de turistas durante o verão, segundo a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA). A informação foi divulgada em uma coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (12), onde também foi lançada a “Operação Verão 2023” da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba).

Para atrair os visitantes, o órgão estadual elaborou o Plano Viva Turismo Bahia, que é baseado em quatro pilares. São eles: biossegurança sanitária, obas de infraestrutura, promoção do destino Bahia e capacitação de mão de obra.

Além disso, foi criado o Programa Bahia Receptivo, que tem como objetivo orientar os turistas sobre os locais disponíveis para visitação, conforme explicou o titular da pasta Maurício Bacellar. “Vamos ter receptivos de turistas no litoral baiano e na Chapada Diamantina que, apesar de estar do interior do estado, recebe muita visitação durante o ano”, disse.
Essa recepção será feita por guias de turismo e por técnicos da Setur-BA. “Vamos prestar informações aos turistas sobre roteiros, hospedagens, restaurantes, enfim, do que ele tem na Bahia para desfrutar nessa época do ano”, detalhou o secretário.

Sobre a questão da segurança em meio à pandemia, Bacellar detalhou que as normas presentes no decreto estadual que está em vigor devem ser respeitadas como, por exemplo, a obrigatoriedade do uso de máscaras em alguns locais.

“É prioridade do governo priorizar vidas, mas os decretos são proporcionais ao comportamento da pandemia. Existem protocolos de biossegurança sanitária específicos. O protocolo de hotéis [é um], [que é] diferente [daquele] para bares e restaurantes, entre outros”, afirmou.

Outra novidade é a retomada de voos de Salvador para Madrid, capital da Espanha, em 21 de dezembro. Eles haviam sido suspensos por causa da pandemia.

Um dos fatores que vai aquecer a temporada é o retorno dos cruzeiros marítimos, que estavam suspensos. Três com cerca de sete mil turistas atracaram nesta segunda-feira (12), em Salvador. Um deles segue para Santos durante a tarde.

Salvador ocupa 10º lugar de destinos mais procurados no verão

Em uma lista divulgada pela Decolar, empresa de viagens da América Latina, a capital baiana aparece em 10º lugar no ranking de destinos nacionais mais procurados para hospedagem nas férias de janeiro de 2023.

O estudo foi realizado com base na procura por hospedagens nacionais no site e aplicativo da empresa para viagens em janeiro do próximo ano, durante a alta estação.

Conforme levantamento, o Rio de Janeiro (RJ) ocupa a primeira posição, seguido de Maceió (AL) e Natal (RN). Confira abaixo:

Rio de Janeiro (RJ)
Maceió (AL)
Natal (RN)
Fortaleza (CE)
Foz do Iguaçu (PR)
Gramado (RS)
Porto de Galinhas, distrito de Ipojuca (PE)
Porto Seguro (BA)
João Pessoa (PB)
Salvador (BA)

No entanto, para o secretário de Setur-BA, o estado é o principal destino de visitação do país. “A Decolar é uma plataforma digital de vendas de viagens. As pessoas, geralmente, que acessam uma platorma digital, já têm o seu destino escolhido. Ela vai ali pesquisar uma passagem e uma hospedagem mais barata”, disse.

“Um dado da Decolar não é um dado genérico em relação à visita da cidade do Salvador. Eu entendo que a cidade do Salvador está entre os principais pontos de atração turística do Brasil”, complementou.

‘Operação Verão 2023’
Ainda durante a coletiva de imprensa, houve o lançamento da “Operação Verão 2023” da Coelba que, desde setembro, tem realizado um conjunto de ações para reforçar o sistema elétrico que atende as praias baianas.

Conforme a concessionária, foram investidos mais de R$ 135 milhões em obras, serviços de melhoria e manutenção de equipamentos nos locais que historicamente há maior demanda por energia durante a alta temporada.

Durante a operação, cerca de17 mil quilômetros da rede elétrica são inspecionados pelos técnicos da distribuidora e, segundo a Coelba, essa distância equivale a uma viagem de ida e volta de Salvador ao Egito.

A expectativa é de que, até o final de dezembro, sejam realizadas inspeções em 64 subestações, 32 linhas de transmissão e 174 alimentadores, que atendem aos principais destinos turísticos do estado, além de 150 praias contempladas no plano da distribuidora, que não foram detalhadas.

Ainda de acordo com a Coelba, além do litoral baiano, a distribuidora também inspecionou as redes elétricas na região da Chapada Diamantina, como os municípios de Lençóis, Mucugê e Ibicoara, que costumam receber um grande número de pessoas durante o verão.

Este ano, a operação conta ainda com a instalação de 35 novos esquemas de self-healing, que isolam automaticamente a rede elétrica afetada por algum fator externo e reconectam a rede por outro caminho, para garantir o retorno do fornecimento em até 60 segundos.

Laís Andrade