• 25 de January de 2021

Tagner e Jamessom entram com representação contra o aumento salarial dos vereadores, secretários e prefeito

 Tagner e Jamessom entram com representação contra o aumento salarial dos vereadores, secretários e prefeito

Os vereadores eleitos, Tagner Cequeira (PT) e Jamessom da Silva (PSL), entraram com uma representação no Ministério Público, contra o aumento de salário dos vereadores, secretários, prefeito e vice de Camaçari.

Na última quarta-feira (2), em sessão presidida por Jorge Curvelo (DEM), os vereadores aprovaram o aumento dos próprios salários, saltando de R$12.599 para R$ 15.193 cerca de 20% de reajuste. Além disso, o prefeito de Camaçari, Antônio Elinaldo (DEM) e seus secretários receberam quase 60% de aumento, saindo de R$ 16.811 para 26.859 e de R$ 15.411 para 24.622 respectivamente.

Os vereadores autores da representação, classificaram a atitude como ardilosamente planejada:

“Tal aumento, além de ser ardilosamente planejado para ser feito após as eleições municipais, com o condão de evitar o impacto eleitoral decorrente de tal abuso e ser garantido apenas em hipótese de vitória eleitoral, ofende a moralidade administrativa, pois gera aumentos de despesas ordinárias em meio a mais grave crise sanitária da história recente, sem que se saiba ao certo o quanto essa crise irá afetar a arrecadação municipal nos próximos anos.
Diante deste grave desrespeito á moralidade administrativa, não restou alternativa senão a busca pelo Ministério Público para que atue como defensor da sociedade fiscal e da lei.”




Redação