• 20 de April de 2024


Sesab confirma 18 casos de doença que deixa ‘urina preta’ na Bahia este ano

 Sesab confirma 18 casos de doença que deixa ‘urina preta’ na Bahia este ano

Dezoito casos da doença de Haff, também conhecida como “doença da urina preta”, foram registrados até esta terça-feira (26), na Bahia, segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Conforme a Sesab, as notificações foram feitas nos municípios de Alagoinhas (5), Salvador (13), Maraú (1), Mata de São João (1), Simões Filho (1) e São Francisco do Conde (1).

A doença de Haff se caracteriza por ocorrência de extrema dor e rigidez muscular, dor torácica, além de falta de ar, dormência e perda de força em todo o corpo, podendo causar falência renal. Pessoas com a doença apresentam urina na cor de café, causada pela elevação da enzima CPK, associada à ingestão de pescados.

De acordo com a Sesab, os 18 casos confirmados entre janeiro e outubro deste ano, são de pacientes de 20 a 79 anos. A faixa etária mais acometida é de 35-49 anos com sete casos (38,9%), seguida da faixa etária de 20-34 anos com cinco casos (27,8%) e da de 50 a 64 anos (22,2%). Entre os casos confirmados 66,7% foram do sexo masculino.

Entre dezembro de 2016 e janeiro de 2017 foram notificados 71 casos de doença de Haff nos municípios de Salvador, Vera Cruz, Dias D’Ávila, Camaçari, Feira de Santana e Alcobaça. Foram registrados dois óbitos, sendo um de residente de Salvador e outro residente de Vera Cruz, ambos com comorbidades.

Com informações do G1

Joe Improta