• 28 de January de 2021

Petrobras assina contrato para venda de exploração e produção em 12 campos terrestres na Bahia

 Petrobras assina contrato para venda de exploração e produção em 12 campos terrestres na Bahia

A Petrobras assinou com a Petrorecôncavo S.A., uma operadora independente com foco em campos maduros, um contrato para a cessão de exploração e produção em 12 campos terrestres, denominados Polo Remanso, na Bahia, na quarta-feira (23).

O polo compreende os campos terrestres de Brejinho, Canabrava, Cassarongongo, Fazenda Belém, Gomo, Mata de São João, Norte Fazenda Caruaçu, Remanso, Rio dos Ovos, Rio Subaúma, São Pedro e Sesmaria.

O valor da venda é de US$ 30 milhões. Essa transação concede os direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos.

De acordo com a Petrobras, a operação está alinhada à estratégia de otimização de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia. Sendo assim, passa a concentrar mais os recursos em ativos de classe mundial em águas profundas e ultraprofundas.

Em nota, o diretor de Relacionamento Institucional e Sustentabilidade da Petrobras, Roberto Furian Ardenghy, disse que quando uma nova empresa começa a operar os ativos, tem início um processo de investimento que objetiva o aumento de sua vida útil.

Além disso, segundo Marcelo Magalhães, CEO da PetroRecôncavo, a decisão da companhia em vender campos terrestres em bacias maduras vem proporcionando um novo dinamismo à produção onshore, “em terra”, sobretudo na região Nordeste.

Polo Remanso
A Petrobras é operadora com 100% de participação nessas concessões e a Petrorecôncavo é contratada pela Petrobras desde 2000 para prestação de serviço das operações de produção e implantação de projetos na maior parte dos campos deste Polo.

A produção média do Polo Remanso de janeiro a novembro de 2020 foi de aproximadamente 3,9 mil barris de óleo por dia (bpd) e 75 mil m³/dia de gás natural.

Redação