• 17 de April de 2024


Homem é condenado a 27 anos de prisão por matar namorada e sobrinho de 11 anos em Camaçari

 Homem é condenado a 27 anos de prisão por matar namorada e sobrinho de 11 anos em Camaçari

Um homem foi condenado a 27 anos e quatro meses de prisão por matar a namorada e o sobrinho dela em Arembepe, na cidade de Camaçari. O crime aconteceu em julho de 2020 e agora Marcos Machado da Silva foi condenado pelo Tribunal de Júri de Camaçari em julgamento que aconteceu na terça-feira (25), no Fórum Clemente Mariani.

Marcos foi considerado culpado pelo assassinato qualificado de Lucilene da Silva, 38 anos, e do garoto Leonardo Santana, de 11 anos. Segundo denúncia do Ministério Público da Bahia (MP-BA), na noite do crime os três estavam em uma festa de aniversário. Marcos teria pedido a Lucilene para irem embora, mas ela não quis, o que deu início a uma briga entre os dois. Marcos então saiu do local e voltou depois, pulando o muro da casa para tentar agredir a namorada. Outras pessoas o contiveram.

Depois, os três voltaram para casa em que moravam. Marcos, usando uma faca, atacou então pelas costas a namorada e o sobrinho. Depois de matar os dois, ele trancou o imóvel e fugiu para Santo Amaro, no Recôncavo baiano.

Marcos acabou preso 24h depois do crime. Dois dias depois, ele teve a prisão temporária decretada. Ele chegou a ser levado, na época, para a 26ª Delegacia (Vila de Abrantes) por motivo de segurança.

Familiares de Luciene disseram que ela se mudara para Camaçari depois de encerrar um relacionamento abusivo, no qual era agredida frequentemente. Ela trabalhava como vendedora em uma casa de material de construção de Arembepe. Indo visitar a família no Recôncavo, ela conheceu Marcos. Quando o feminicídio aconteceu, eles moravam juntos havia pouco mais de uma semana. O sobrinho Leonardo tinha ido morar com a tia depois da morte da avó.

Com informações do Correio

Joe Improta