• 15 de June de 2024


Fábrica da Jeep em Pernambuco quer se juntar a BYD na Bahia e montar polo de fornecedores

 Fábrica da Jeep em Pernambuco quer se juntar a BYD na Bahia e montar polo de fornecedores

A Stellantis, montadora que surgiu há pouco mais de dois anos da junção de marcas como Fiat, Chrysler, Peugeot e Citroën, e que tem fábrica em Pernambuco, na cidade de Goiana, pretende se articular com a BYD, fábrica de carros elétricos, que já anunciou a implantação de uma fábrica em Camaçari, para montar um polo de fornecedores de autopeças no Nordeste.

A informação é de Antonio Filosa, presidente da Stellantis na América do Sul, que afirmou, em reportagem no Valor Econômico, que pretende se aproximar da chinesa BYD para atrair mais fabricantes de autopeças para o Nordeste. O grupo tem uma fábrica em Goiana (PE) desde 2015. Filosa diz que se prepara para, assim que possível, iniciar as conversas com os executivos da montadora chinesa.

A Stellantis, que se tornou líder na América do Sul, com 24% das vendas na região no primeiro semestre, tem avançado no plano de expansão de uma rede de suprimentos que seja próxima à fábrica pernambucana. Quando a unidade foi inaugurada, havia sete fornecedores no Estado de Pernambuco. Hoje são 38. Em breve, serão 50, diz Filosa. O plano, segundo ele, é chegar a 100 nos próximos cinco anos. A empresa começou a dar passos em direção à Bahia e negocia com um ex-fornecedor da Ford, que já iniciou a venda de componentes para a linha de Goiana em pequenos volumes.

O executivo considera a chegada da BYD “um enorme ganho para o país”. Para ele, a marca chinesa “tem bons carros e pode ser um excelente player, como tem demonstrado na China”. O compartilhamento de fornecedores com a BYD, cuja especialidade são os carros elétricos, pode ser oportuno para a Stellantis.

Joe Improta