• 15 de June de 2024


Em reunião com Geraldo Alckmin, Ivoneide Caetano discute ações de fortalecimento e proteção da indústria química no Brasil

 Em reunião com Geraldo Alckmin, Ivoneide Caetano discute ações de fortalecimento e proteção da indústria química no Brasil

A deputada federal Ivoneide Caetano (PT) se reuniu nesta terça-feira (9), com o vice-presidente da República e ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Geraldo Alckmin, para discutir medidas de fortalecimento e proteção da indústria química no Brasil.

Também participaram da reunião, o diretor do Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Químico da Bahia (Sindiquímica), José Pinheiro; o presidente da Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim), André Passos, além de outros dirigentes sindicais.

Na ocasião, foram discutidos temas como a inserção de produtos químicos na lista de elevações transitórias, para aumentar a competitividade do setor e evitar a paralisação de fábricas; a criação do Programa de Estímulo à Indústria Química Verde Brasileira, com foco na sustentabilidade e o apoio à ações que elevem a competitividade do gás natural.

Ivoneide Caetano ressaltou a importância de garantir a proteção do setor.

“Discutimos medidas para enfrentar o impacto das importações de produtos químicos e o risco iminente de fechamento de fábricas, bem como estratégias para implementar um plano de estímulo que fortaleça nosso setor. Seguimos firmes e comprometidos em encontrar soluções colaborativas para impulsionar o crescimento da indústria química em nosso país”, destacou a deputada.

De acordo com o presidente da Abiquim, André Passos, o preço atual do gás natural no Brasil é bem superior ao preço praticado em outros países, o que tira a competitividade da indústria brasileira. “Sob risco de desajuste estrutural entre disponibilidade de matérias-primas e baixo aproveitamento do gás, precisamos adotar medidas urgentes para não levar o País a perder oportunidades, atrasar investimentos e perder as plantas industriais”, alerta Passos. Por isso, uma das propostas é a criação de um contrato global com a Petrobras para assegurar o fornecimento do gás natural às empresas brasileiras.

Joe Improta