• 15 de April de 2024


STT inicia recebimento de processos para renovação de licença de táxi nesta terça (1/2)

 STT inicia recebimento de processos para renovação de licença de táxi nesta terça (1/2)

A Superintendência de Trânsito e Transporte Público (STT) recebe a partir desta terça-feira (1º/2), processos dos interessados em renovar o direito de explorar serviço de transporte de táxi comum e especial, no município. O prazo para submissão da documentação termina em 30 de abril, e deve ser encaminhada ao setor de Protocolo do órgão, das 9 às 12 ou das 14h às 16h30, localizado à Rodovia 512, Loteamento Espaço Alfa, Jardim Limoeiro, s/n.

Os seguintes documentos devem ser anexados ao processo: certidão negativa de registro criminal; último alvará (exercício 2021); certificado de antecedentes criminais; certidão municipal negativa de débitos; certidão da entidade representativa, contendo local e horário que exerce a atividade, bem como o nome do condutor, no que couber. Além disso, o veículo deve possuir no máximo cinco anos de fabricação, ser de propriedade do autorizatário, estar regularizado em relação ao exercício 2021/2022, bem como ser da cor padrão prata.

No dia da vistoria, para conferência, deverão ser apresentados os originais da seguinte documentação: comprovante atualizado de residência no município; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) constando atividade remunerada; Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) atualizado; Certificado do IBAMETRO (Taxímetro e GNV), no que couber.

Processos aprovados pela Gerência de Transporte Individual e Especial (Gerin) serão automaticamente encaminhados para a inspeção. A vistoria acontecerá entre 28 de março e 30 de abril, das 9 às 12h e das 14h às 16h30, no pátio da STT, respeitando a seguinte distribuição:

28 de março a 5 de abril – táxi comum;
6 a 8 de abril – Fone Taxi, Transpolo, Polotaxi
11 a 14 de abril – Coopertaxi, Coopercam, Cootrasem
18, 19 e 20 de abril – Transleve, Coopervip, e Coopmapp
25 a 29 de abril – Tracoop, Cooptocar, Coomtec, Cooperatec e Transcoop.

Joe Improta