• 18 de May de 2024


Sem nenhuma sinalização de negociação por parte de Elinaldo, professores completam 26 dias em greve

 Sem nenhuma sinalização de negociação por parte de Elinaldo, professores completam 26 dias em greve

Os professores da rede municipal de ensino de Camaçari completaram 26 dias de greve, nesta terça-feira (05). A categoria busca junto ao prefeito, Antônio Elinaldo, uma negociação para sanar os problemas enfrentados pelos docentes, no que se diz respeito a remuneração e melhores condições de trabalho.

A paralisação, que é comandada pelo Sindicato dos Professores do Município de Camaçari (Sispec), busca um acordo com o prefeito da cidade, desde o dia 11 de agosto. A classe cobra a atualização do piso nacional da categoria – a última foi de 14,95%, com salário base de R$ 4,4 mil para 40 horas semanais – e a contratação de cuidadores nas escolas, para estudantes com alguma deficiência. Auxiliares de classe também é reivindicado.

Até o momento, os professores não possuem nenhuma sinalização de terem as reivindicações atendidas pelo governo municipal, trazendo um clima de insegurança para os trabalhadores e também para os estudantes.

Joe Improta