• 24 de June de 2022


Quase 2 anos após ser anunciada, duplicação do Viaduto do Trabalhador se arrasta; obras intermináveis é a marca de Elinaldo

 Quase 2 anos após ser anunciada, duplicação do Viaduto do Trabalhador se arrasta; obras intermináveis é a marca de Elinaldo

Elinaldo apresentando ordem de serviço do Viaduto do Trabalhador

As obras de duplicação do Viaduto do Trabalhador, se arrastam, como quase tudo que se toca pela Secretaria da Infraestrutura (Seinfra) de Camaçari. Os transtornos são mais presentes do que os benefícios para a população, que amarga desorganização em vários pontos, de obras intermináveis.

O Viaduto do Trabalhador teve sua primeira data de conclusão anunciada pelo governo de Elinaldo (DEM), para abril de 2020. Posteriormente, já no período eleitoral, vendo que não havia tempo para conclusão, foi reprometido para dezembro daquele mesmo ano.
De outubro de 2020, período eleitoral, para março de 2021, apenas 5% das obras avançaram. E isso é constrangedor.

Seria incompetência generalizada, ou proposital para emplacar deputado(a) em 2022, entregando migalhas, com a população amargando 6 anos de promessas e transtornos generalizados?
Escolas, creches e calçadas puxam a fila, com agora o reprometido Hospital Municipal.

Camaçari vive tempos como do terrível governo de Helder Almeida, onde pode-se dizer que também o faz hoje, pois senta na cadeira do chefe. Cidade sem emprego, poucas expectativas, limitada a ser pequena e pouco desenvolvida, numa clara intenção de manter a população castigada e refém de cargos públicos.

Após ser concluído, ou se caso for, o Viaduto do Trabalhador ligará o governo de Elinaldo a história do fracasso administrativo.

Coluna Quebra-queixo
Conteúdo de opinião

Joe Improta