• 3 de December de 2021

Operação remove 211 “gatos de energia” na orla de Camaçari

 Operação remove 211 “gatos de energia” na orla de Camaçari

Foto: Divulgação Coelba

Em operação de combate ao furto de energia a Neoenergia Coelba identificou 211 irregularidades no município de Camaçari. Os desvios foram encontrados em barracas de praia, casas de veraneio, condomínios residenciais e unidades comerciais. Na ação, foram recuperados 280 mil KWh de energia, que seria suficiente para abastecer 2.400 residências durante um mês.

Em cinco dias, os técnicos da distribuidora fiscalizaram 550 unidades consumidoras em diversas vias do município. A operação aconteceu nas regiões de Jauá, Arembepe, Barra de Jacuípe e Monte Gordo. Após a constatação das irregularidades, os clientes foram instruídos e regularizados pela Neoenergia Coelba.

De janeiro a setembro, o volume de energia furtada apenas na RMS chegou a cerca de 19 milhões de KWh, o que seria suficiente para abastecer Lauro de Freitas por mais de duas semanas. Estes números refletem a intensificação do combate ao furto de energia pela Neoenergia Coelba na região. Desde janeiro, a distribuidora já realizou aproximadamente 30 mil inspeções na Região Metropolitana de Salvador, cerca de oito mil a mais do que no mesmo período do ano passado.

A distribuidora reforça que o furto de energia é crime sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão. Além de ser ilegal, os desvios de energia prejudicam todos os clientes, já que promovem modificações inapropriadas na rede, trazendo riscos à vida, e parte do valor da energia furtada acaba sendo pago entre todos os consumidores. Por isso, a Neoenergia Coelba reforça a importância de denunciar fraudes. As denúncias são feitas de forma anônima no site da distribuidora (www.neoenergiacoelba.com.br), na parte de Canais de Atendimento > Denúncia de Irregularidade.

Recuperação – As operações de combate ao furto de energia realizadas pela Neoenergia Coelba vêm apresentando resultados históricos em 2021. De janeiro a setembro, a distribuidora recuperou 264,2 milhões de KWh de energia, o que seria suficiente para abastecer mais de 2,2 milhões de residências ou toda a capital baiana durante um mês. O número é cerca de 31% maior do que o registrado no ano passado. De julho a setembro foram recuperados 107 milhões de KWh, energia capaz de abastecer Vitória da Conquista, terceira maior cidade do estado, durante três meses. Este foi o maior volume de energia recuperada em apenas um trimestre da história.

Redação