• 25 de June de 2022


João Leão anuncia instalação de empresa que vai investir R$ 1 bilhão e gerar mil novos empregos em Camaçari

 João Leão anuncia instalação de empresa que vai investir R$ 1 bilhão e gerar mil novos empregos em Camaçari

O vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), e o secretário de Relações Institucionais, Jonival Lucas, reuniram-se na manhã desta segunda-feira (18) com vereadores de Camaçari para debater soluções para o fechamento da Ford. O vereador Júnior Borges, presidente da Câmara Municipal, e Waldir Freitas, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico do município, representaram a comitiva. Os representantes do governo destacaram o trabalho célere para substituir a Ford e que a empresa que for atraída encontrará instalações modernas e toda a infraestrutura na região, além de contar com o apoio do Governo do Estado na concessão de incentivos. Foi lembrado ainda durante a reunião o trabalho de atração de novas empresas para o Polo de Camaçari, a exemplo da Formitex, que está sendo implantado, a Bayer, que assumiu as operações da Monsanto e a Unigel que arrendou recentemente a unidade da FAFEN.

“Fizemos uma reunião muito proveitosa. Eu e o governador estamos indo à Brasília já com agenda marcada com embaixador chinês, coreano, indiano e diversas outras embaixadas para ver se trazemos alguma empresa para substituir a Ford. Estamos caminhando para isso. Vamos assinar esta semana um protocolo de intenções de mais uma empresa no Polo de Camaçari, que vai gerar mais de 1 mil empregos entre diretos e indiretos, com um investimento de R$ 1 bilhão. É caminhando para frente que se anda. A Ford fechou, vamos abrir novas ‘Fords’ em Camaçari. Essa é a ideia”, declara Leão.

Segundo o Secretário de Relações Institucionais da Bahia, Jonival Lucas, a reunião reforça o compromisso do Governo do Estado, por meio da Serin, da SDE e do grupo de trabalho montado: “O Governo do Estado está atento para parcerias, não apenas com Camaçari, mas com todos os municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), para buscar soluções que possam contribuir para a manutenção dos empregos, da renda da RMS e de toda Bahia”.

O vereador Junior Borges falou da importância de manter a relação institucional ente os governos. “A provocação da Câmara de Vereadores se dá porque a gente entente que quem está na ponta são os vereadores. Estamos à disposição do Governo do Estado e do município para ser o elo entre as empresas que possivelmente podem vir a ocupar o parque industrial, que foi desocupado pela Ford. Camaçari representa 25% do PIB desse estado. Precisamos criar um plano estratégico para atrair outras empresas”, diz.

De acordo com dados levantados pela SDE, o complexo da Ford emprega diretamente cerca de 7 mil funcionários em até três turnos. Fornecedores externos geram 2,8 mil postos de trabalho e estima-se ainda em 75 a 80 mil os postos de trabalho indiretos impactados pela Ford. O complexo industrial da Ford na Bahia foi inaugurado em 2001. A marca foi a primeira fabricante de automóveis a se instalar no Nordeste do Brasil. A planta em Camaçari é a única fábrica de automóveis no Brasil que abriga um centro de design.

Além dos citados, estiveram presentes na reunião os vereadores Val Estilos (Republicanos), Tagner (PT), Professora Angélica (PP), Dilson Magalhães Jr. (PSDB), Dr. Samuka (Cidadania) e Deni de Isqueiro (DEM). O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Camaçari, Waldir Freitas, também acompanhou a comitiva.

Joe Improta