• 23 de May de 2024


Estudantes do IFBA Camaçari concorrem ao Prêmio LED 2024 da Globo

 Estudantes do IFBA Camaçari concorrem ao Prêmio LED 2024 da Globo

Com o Clube de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN), três estudantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA) – Campus Camaçari estão concorrendo ao Prêmio LED 2024, que é parte do Movimento LED – Luz na Educação, uma iniciativa da Globo e da Fundação Roberto Marinho, que reconhece práticas inovadoras no setor.

O projeto é na categoria “Estudantes” e foi desenvolvido pelos jovens Lucas Barreto, 19 anos, presidente do clube; Eric Dener, 17 anos, vice-presidente; e Jady Santos, 19 anos, secretária-geral. Para que o trio de Camaçari vença, será aberta uma votação popular no programa Especial LED, que vai ao ar quinta-feira (11/4), após a exibição do Big Brother Brasil 2024 (BBB24), e seguirá até a manhã de segunda (15). A pessoa pode votar quantas vezes quiser através do site do Festival LED, disponível aqui.

De acordo com o presidente do clube, Lucas Barreto, se o grupo conquistar o Prêmio LED, no valor de R$ 100 mil, um dos objetivos é expandir e tirar o clube do IFBA. “Porque é um lugar que os estudantes ainda participam muito de eventos de extensão. A gente quer que estudantes de Camaçari passem a fazer esse tipo de coisa, possam estudar química, física e astronomia fora da sala de aula e ter o interesse de construir ciência com as próprias mãos”, afirmou.

Ele explicou, ainda, que, “o diferencial do clube, e que foi muito elogiado quando fomos para Vitória da Conquista, é a estrutura dele. Porque o clube não é só um conjunto de pessoas, temos separado os setores de biologia, de química, de física, de matemática e de astronomia, cada setor tem um líder [coordenador] e tem seus próprios indivíduos. Isso separa as pessoas por área de interesse e acaba formando uma coesão maior. Essa estrutura nós gostaríamos de levar para outras escolas, como núcleos do clube. Incentivamos a ciência para pessoas que, muitas vezes, não tiveram contato e podem, um dia, sonhar em serem cientistas”, finalizou.

Não é a primeira vez que Camaçari participa do Prêmio LED, e a intenção de inscrever o clube surgiu com o projeto da professora Vitalina Silva, do Centro Educacional Maria Quitéria, com o Projeto de Educação Antirracista. Após verem uma palestra, quando foi aberta a inscrição, os estudantes se atentaram ao nome e viram que o projeto que desenvolviam atendia aos parâmetros.

Eles passaram por várias etapas. E, de mais de 3 mil projetos inscritos, foram selecionados 60, depois 15, que são os embaixadores e recebem monitorias sobre como melhorar o projeto. Nisso, só um projeto de cada categoria, que passou para a votação popular, no caso de Camaçari é o “Estudantes”, mas tem ainda “Educador” e “Empreendedor”.

O vencedor será anunciado no dia 15 de abril, durante o programa Mais Você, comandado por Ana Maria Braga, na emissora. A premiação será entregue durante a realização do Festival LED – Luz na Educação, que acontece na cidade do Rio de Janeiro (RJ), nos dias 21 e 22 de junho.

Joe Improta