• 15 de June de 2021

Camaçari: Secult cadastra trabalhadores da cultura para benefícios

 Camaçari: Secult cadastra trabalhadores da cultura para benefícios

A Prefeitura de Camaçari, através da Secretaria de Cultura (Secult) dará início no período de 6 a 21 de maio ao primeiro Cadastro Municipal da Cultura para o recebimento de benefícios.

A expectativa é que nos próximos dias seja aprovado na Câmara de Vereadores o Projeto de Lei (PL) de auxílio emergencial para os trabalhadores da cultura, primeiro segmento a parar as atividades e o último a retomar, em virtude da pandemia do novo coronavírus.

O cadastro é específico para recebimento de benefícios em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes). A partir disso, o trabalhador estará apto documentalmente para requerer o benefício. Os interessados deverão preencher o formulário até às 23h59 do dia 21 de maio, disponível no Portal da Secult (http://secult.ba.gov.br/).

Para realizar o cadastro, o trabalhador precisa estar inscrito no Mapa Cultural e apresentar o seu número de agente cultural, que é um código identificador do perfil no Mapa. Quem não estiver cadastrado deverá se cadastrar. É importante a manutenção do cadastro atualizado, com informações sobre o currículo artístico e atividades já realizadas. Os elementos serão necessários para que a Secult faça a verificação dos dados e o agente adquira o Selo de Certificação que validará seu cadastro como trabalhador cultural.

Ainda haverá pontos de apoio para atender quem tiver dificuldade com acesso à internet ou com o preenchimento do formulário. São eles: Núcleo de Orientação Cultural, localizado na Cidade do Saber, (71) 3623-2119; Biblioteca Comunitária Ler é Preciso, em Vila de Abrantes (71) 3644-9824; CAM Arembepe, no Centro Empresarial em frente ao Terminal Turístico Nidinho, sala 1, térreo. Todos com horário de atendimento das 9h às 14h.

Após aprovação do PL, a Secult disponibilizará as informações no que se refere aos critérios, ou seja, quem poderá receber ou não o benefício diante da legalidade. Outras informações podem ser obtidas através do telefone (71) 3644-9824 e WhatsApp (71) 99981-7918 ou por meio dos e-mails: [email protected] e [email protected]

Redação