• 25 de May de 2024


Brasil formaliza intenção de sediar Copa de Futebol Feminino em 2027

 Brasil formaliza intenção de sediar Copa de Futebol Feminino em 2027

O governo federal entregou neste sábado (4) uma declaração governamental à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e à FIFA para oficializar a intenção do Brasil de sediar a Copa de Futebol Feminino de 2027.

O documento é assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e foi entregue pelo ministro do Esporte, André Fufuca, ao presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, e da FIFA, Gianno Infantino.

A entrega da declaração é resultado do grupo de trabalho criado pelo governo em outubro para elaborar as ações de candidatura do Brasil. A expectativa é que o país que irá sediar a Copa seja anunciado em maio de 2024.

Junto à declaração governamental, também foram entregues garantias governamentais exigidas pela FIFA, nas seguintes áreas:

Procedimentos de Vistos, Licenças, Imigração e Check-in;
Permissões de Trabalho e Lei Trabalhista;
Isenções Fiscais e Compromissos Cambiais;
Segurança e Proteção;
Proteção e Exploração dos Direitos de Competição;
Tecnologia da Informação; e
Renúncia, Indenização e outras Questões Legais.

“A candidatura brasileira à sede da Copa do Mundo de Futebol Feminino faz parte da atual política do governo de incentivo à participação cada vez maior das mulheres no futebol”, disse o governo em nota.

Candidatura
De acordo com o blog da Gabriela Moreira, do ge, o plano inicial da candidatura prevê jogos em 10 estádios, que são os mesmos da Copa do Mundo Masculina, disputada no Brasil em 2014.

Concorrem com o Brasil para a sede do evento Bélgica, Holanda e Alemanha, Estados Unidos e México, além da África do Sul.

A última Copa do Mundo Feminina foi sediada na Austrália e na Nova Zelândia. A competição, disputada em agosto, consagrou a seleção da Espanha como campeã. O Brasil caiu ainda na fase de grupos.

Joe Improta